Troika de Leitão, Vaca e Cadela fazem exigências aos Seistetos

 

Hoje no dia 30 de Abril chegou a Évora uma troika composta por um leitão, uma vaca e uma cadela. A vaca é o elemento mais antigo desta troika sendo a substituição da burra dos Açores por esta mesma ter sido comida pelos elementos dos seistetos há 15 anos atrás aquando da sua deslocação à ilha Terceira.

A cadela também conhecida por Açorda é o elemento que mais tem procriado, tendo sido já mãe uma vez desde que acompanha os elementos dos Seistetos. Estamos à espera das análises de paternidade para nos certificarmos de que nenhum dos elementos dos Seistetos seja o pai da ninhada.

O leitão foi o último elemento desta troika animalesca a chegar. Sendo o elemento mais novo, para além do seu cheiro característico também é conhecido pelo nome de MEG. A sua vinda a este grupo deu-se aquando da deslocação dos Seistetos a Vila Viçosa para tocarem numa feira de beneficiência. Qual não foi o espanto dos elementos quando numa rifa lhes tocou nada menos que um leitão! Mas para o seu inicial desagrado, o leitão não estava assado e pronto a comer. Alguns elementos ficaram mesmo desapontados pois a fome já apertava e outros tiveram mesmo que engolir a saliva que lhes provocou a palavra leitão. O bicho estava mesmo vivo e capaz de se tornar o centro das atenções por alguns meses!!!

O leitão irá acompanhar as deslocações do Grupo Académico Seistetos até se tornar presunto capa negra!!!