Exorcista precisa-se.

 
O Grupo Académico Seistetos está a oferecer estágios profissionais em exorcismo na UÉ.
Autoridades antiterrorismo americanos alertaram este grupo de índole académica para a possibilidade de estar a albergar elementos possuídos por espíritos maus, também conhecido por “capeta”.
Incrédulos, a direção do GAS não valorizou os alertas das autoridades americanas deixando passar demasiado tempo até que se começaram a verificar sintomas de possessão em alguns dos seus elementos mais novos, também conhecidos por Lentríscos, levando mesmo alguns a caírem em desgraça e a passarem para o lado das trevas (Dark Side). Desde então, o GAS iniciou um programa de desbaratização, desratização e desinfestação de pragas não tendo o sucesso desejado, ou seja, parar os sintomas febris e as alucinações nos seus Lentríscos. A fim de evitar a propagação da praga, muitos foram postos em quarentena na cisterna do Colégio do Espírito Santo. 
Os sintomas de possessão verificados são:
  • Ténias;
  • Piolhos;
  • Tendência para cantar o tema “Madalena”;
  • Altivez e irascibilidade;
  • Avareza;
  • Automutilação genital;
  • Tendência para pedir requerimentos de mudança de sexo no Registo Civil.
Tendo em conta a gravidade da situação, o GAS, vem assim por este meio alerta toda a população da academia para se afastar de qualquer ser que evidencie tais sintomas e que o convide a juntar-se ao “Dark Side”.
Estudantes que conseguiram recuperar dos sintomas descreveram que se sentiram presos durante momentos numa paisagem infernal cheia de sodomizações coletivas, diarreias agudas e lavagens cerebrais.
Oferece-se boa remuneração, uma elevada possibilidade de continuação e progressão na carreira aos interessados em estagiar como exorcista profissional no GAS.